top of page

#day56 – pelos olhos de uma criança. 

É impossível viajarmos e não nos deslumbrarmos com o mundo. É impossível não sair por aí com suspiros e vaidades de quem adora o que vê. É impossível ver e não reter, todos os locais para onde o coração aponta. É impossível não seguir por aí com olhos de criança como se estivéssemos a pisar o mundo pela primeira vez. Como se a vida não fosse única e simplesmente isso: deslumbramento. Aquela ilusão que delicia por meio de olhares e suspiros. Por meio de paladares e calafrios. A vida é, repito, deslumbramento. É aquela parte de nós que respira na impossibilidade de cá estarmos. Esse peito cheio de novidades e descobertas. Essa abertura revigorada e fresca. Aqui, ali e acolá. Em toda a parte em todo o ser. Quando a vida é olhado pelos olhos de uma criança é linda e inquestionavelmente, deslumbrante.

0 visualização0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Comments


bottom of page