#day314 – acerca do inesperado

Não costumo fazer muitos planos pessoais. Prefiro que a vida me leve. Há algo inerentemente surpreendente no facto de simplesmente se viver.

É nos acasos e nas vontades súbitas inexplicáveis que a vida me embala. E quando vem um qualquer rasgo impetuoso, raramente me prendo. Porque há caminhos que se abrem sem aviso. E pessoas que se cruzam connosco sem justificação. E aí reside a magia da vida.

Vivo como se vive no embalo do mar. Mesmo quando a ondulação está forte e dura. Sei que apenas, preciso de aprender a navegar.

E quando tenho a sorte a bater-me a porta, sorrio e deixo entrar. De forma meio tímida. Mas deixo entrar. Dizem que a sorte não bate a dobrar.

0 visualização
  • Instagram
  • Facebook ícone social
  • YouTube ícone social

© 2020 por Bárbara Leão de Carvalho. Orgulhosamente criado por TheGoodBrands.org

This site was designed with the
.com
website builder. Create your website today.
Start Now