top of page

#day167 – nada cai do céu, mas tudo se consegue. Caminhando. 

Quando me perguntam: “Bárbara, como consegues esse estilo de vida fazendo o que amas?” Eu respondo: “Trabalho. Muito.”

Mas é preciso discernir entre trabalhar na “roda de hamster” sem saber para onde vou e infeliz com o que estiver a fazer, ou tomar a decisão assertiva de vir a trabalhar apenas no que amo.

Dirigir a nossa energia para o que amamos, vai guiando os nossos passos. Vai-nos fazendo tomar decisões que nos levem mais perto do que queremos, e os sonhos vão se aproximando. Isto, porque sem sabermos, vamos gerando espaço para deixar entrar o que queremos e não o que nos obrigam a ser.

Concretamente há 3 passos simples que sigo religiosamente:

1) todos os dias um bocadinho mais perto.

O passo-a-passo é o mais importante. Nem sempre a vida nos deixa dar saltos de fé. Por isso, a determinação e disciplina de dar um pequeno passo todos os dias, é fundamental.

2) não, é não.

A capacidade de dizer não, ganha-se. Adquire-se depois de desapontar muitas pessoas com a nossa posição contrária às suas vontades e exigências. Ninguém gosta de levar para casa um não. Mas se ele não pertencer ao nosso vocabulário e dia a dia, nunca conseguiremos eliminar das nossas vidas o que não interessa ou não querermos mais, para deixar entrar o que verdadeiramente desejamos.

3) confiar no caminho.

Às vezes parece que nunca mais chegamos, mas se não continuarmos a andar na direcção que queremos, nunca chegaremos mesmo. Precisamos entender que o caminho se faz caminhado. Por isso, precisamos apontar mais ou menos para o destino final e acreditar que passo a passo, lá chegaremos. E chegamos mesmo. Aí está a magia da vida. Ela sempre nos presenteia com os nossos sonhos. Quando aprendemos a caminhar. ❤️🍭😋

0 visualização0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

O espelho

Comments


bottom of page