top of page

#day152 – breath

Não há nada como respirar. Fundo. Dentro. Integralmente. Não há nada como parar para respirar.

Parar. Literalmente. A mente.

Quando respiramos o pensamento cessa. O foco dirige-se para dentro, e tudo se acalma.

Respirar é a técnica mais eficaz de preparação para a transformação da emoção. É o reset que se faz para se recomeçar de um outro lugar emocional. Respirar eleva. Faz-nos sair do drama. Desvia a atenção da daninha para a flor. Respirar resjuvenesce. É a respirar e a seguir passo a passo que a paz se encontra.

E nos momentos em que a paz já existe, é a respirar que a beleza se aprecia. Na presença desse suspiro interno que é a vida. Quando a calmaria já aconteceu, respirar também serve para celebrar. Assimilar e usufruir. Respirar é sempre uma parte do bem-estar. É incrível como respirar traz tanto de amor. É como se inspirasse o milagre de se estar vivo. Respirar é em si mesmo um privilégio. É provavelmente o maior acto de sobrevivência ou espiritualidade. O espectro dos seus benefícios é tão amplo que se perde na sua própria importância. Por isso é preciso olhar para a respiração como um influxo de magia. Uma massa de ar e pó mágico que ao entrar conscientemente pode, se quisermos, mudar a nossa vida para sempre. 🌬

1 visualização0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

O espelho

Comments


bottom of page